Como funciona a energia solar? Descubra e economize



Com a crise hídrica desencadeada pela diminuição das chuvas, a tarifa da bandeira vermelha foi reajustada em julho, o que deve encarecer a conta de luz em quase 5,5%. Como resultado, muitos consumidores têm buscado outras opções de fornecimento e demonstrado interesse em saber como funciona a energia solar.


Isso porque a matriz energética brasileira é bastante dependente das hidrelétricas. Atualmente, 61% de toda a energia elétrica do País provêm de fontes hídricas. Contudo, esse tipo de geração de energia está muito sujeito às mudanças climáticas e aos regimes de chuva. O fim dessa história você já conhece: conta de luz mais cara quando os reservatórios minguam.

Em períodos como esses a energia solar fotovoltaica (FV) surge como uma alternativa mais econômica e sustentável. Ainda não sabe se essa é a melhor opção para você? Então, acompanhe nossas dicas.


Conheça os sistemas de energia solar FV


Antes de explicarmos como funciona a energia solar, vamos apresentar os três tipos de sistemas de energia solar fotovoltaica: on-grid, off-grid e híbrido.

Em outras palavras, on-grid significa que o sistema de energia solar está conectado à rede pública local. Assim, caso haja a energia solar não seja suficiente, você poderá usar a eletricidade da distribuidora.


Por outro lado, se a produção de energia solar fotovoltaica for maior que a necessária, o excedente é transferido para a distribuidora e o consumidor ganha créditos em energia.

A grande vantagem do sistema on-grid é que a economia na conta de luz pode chegar a 95%! Além disso, não é necessário adquirir baterias solares, o que torna essa opção mais barata que as demais.


off-grid indica um sistema autônomo (ou seja, sem contato com a rede elétrica). Nessa modalidade, a energia solar excedente é armazenada em baterias para ser utilizada durante a noite, em dias chuvosos ou nublados. Seu maior benefício é que pode ser instalado em imóveis em locais remotos, aonde a rede elétrica não chega.


A necessidade de baterias, entretanto, torna seu valor mais alto. Por isso mesmo não é recomendado para áreas urbanas, onde a opção on-grid é mais vantajosa.


Por fim, o sistema híbrido funciona num misto dos dois anteriores. Ou seja, está conectado à rede pública de distribuição de energia e também às baterias solares. Desse modo, se a energia da rede cair, você poderá contar com a energia solar armazenada nas baterias.


Nos três casos, há diminuição da emissão de gás carbônico, maior disponibilidade de energia e economia, já que pouca ou nenhuma energia será comprada da rede.


Como funciona a energia solar on-grid


O sistema de produção de energia solar fotovoltaica on-grid é bem simples:

  • Os painéis sobre o telhado captam a luz solar e a transforma em energia de corrente contínua;

  • A energia é encaminhada para um inversor, onde se transforma em corrente alternada;

  • Parte da energia gerada é usada pelo inversor para abastecer os aparelhos elétricos da residência ou empresa;

  • O excedente produzido é transferido para a rede de energia local, gerando créditos para o consumidor.

É importante lembrar que para a instalação do sistema de energia solar fotovoltaica é necessário substituir o relógio de luz tradicional por um bidirecional. O equipamento vai medir tanto a entrada quanto a saída de energia.

Desse modo, será possível aferir quanta energia você transferiu para a rede e quanta energia consumiu. Quanto maior o excedente, mais créditos serão gerados, resultando em economia na conta de luz.

A Carra Solar pode te ajudar nessa transição para uma solução mais sustentável. Oferecemos aos nossos clientes soluções integradas e eficientes. Informe-se conosco!


Energia solar FV: vantagens e desvantagens


Agora que você já sabe como funciona a energia solar, veja as vantagens de aderir a essa nova fonte:

  • Produção de uma energia limpa e sustentável

  • Fonte de energia abundante e gratuita

  • Redução do impacto do aumento da energia solar

  • Economia de até 95% na conta de luz (no caso dos sistemas on-grid e híbrido)

  • Mais segurança no abastecimento de energia

  • Diversificação da matriz energética brasileira

  • Instalação simples

  • Longa vida útil dos painéis solares (no mínimo 25 anos)

  • Pouca manutenção do sistema de energia solar

  • Retorno rápido do investimento

  • Valorização do imóvel

Os benefícios da energia solar fotovoltaica superam em muito qualquer desvantagem. No entanto, o preço para aquisição do equipamento ainda é o maior entrave para a expansão dessa fonte energética no Brasil.


Em contrapartida, o potencial do País nessa área é enorme. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), entre 2017 e 2019 saltamos da 26ª para a 16ª posição no ranking mundial de produção de energia solar.


Aos poucos, estamos caminhando rumo a uma produção energética mais sustentável. E o propósito da Carra Solar é colaborar com essa cadeia de valor, tornando a energia solar uma opção acessível a todos.


Se você se interessou em adotar o sistema de energia solar fotovoltaica em sua casa, comércio, propriedade rural ou indústria, fale conosco. Temos soluções sob medida para sua necessidade!